Sábado da 17ª Semana Do Tempo Comum - Liturgia Diária da Igreja Católica Apostólica Romana

"Fiat Voluntas Tua"
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Mapas Mentais
Liturgia Diária
1a Leitura - Jr 26,11-16.24

Na verdade o Senhor enviou-me a vóspara falar tudo isso a vossos ouvidos.

Leitura do Livro do Pofeta Jeremias 26, 11-16. 24
Naqueles dias:
11 Os sacerdotes e profetas dirigiram-se aos chefes e a todo o povo, dizendo: 'Este homem foi julgado réu de morte, porque profetizou contra esta cidade, como ouvistes com vossos ouvidos'.
12 Disse Jeremias aos dignitários e a todo o povo: 'O Senhor incumbiu-me de profetizar para esta casa e para esta cidade através de todas as palavras que ouvistes.
13 Agora, portanto, tratai de emendar a vossa vida e as obras, ouvi a voz do Senhor, vosso Deus, que ele voltará atrás da decisão que tomou contra vós.
14 Eu estou aqui, em vossas mãos, fazei de mim o que vos parecer conveniente e justo,
15 mas ficai sabendo que, se me derdes a morte, tereis derramado sangue inocente contra vós mesmos e contra esta cidade e seus habitantes, pois em verdade o Senhor enviou-me a vós para falar tudo isso a vossos ouvidos. '
16 Os chefes e o povo em geral disseram aos sacerdotes e profetas: 'Este homem não merece ser condenado à morte; ele falou-nos em nome do Senhor, nosso Deus. '
24 Jeremias passou a ter proteção de Aicam, filho de Safã, para não cair nas mãos do povo e evitar ser morto.
Palavra do Senhor





Salmo - Sl 68,15-16. 30-31. 33-34 (R. Cf. 14)

R. No tempo favorável, escutai-me, ó Senhor!

15 Retirai-me deste lodo, pois me afundo! / Libertai-me, ó Senhor, dos que me odeiam, / e salvai-me destas águas tão profundas!
16 Que as águas turbulentas não me arrastem, / não me devorem violentos turbilhões, / nem a cova feche a boca sobre mim!
R.

30 Pobre de mim, sou infeliz e sofredor! / Que vosso auxílio me levante, Senhor Deus!
31 Cantando eu louvarei o vosso nome / e agradecido exultarei de alegria!
R.

33 Humildes, vede isto e alegrai-vos: / o vosso coração reviverá, / se procurardes o Senhor continuamente!
34 Pois nosso Deus atende à prece dos seus pobres, / e não despreza o clamor de seus cativos.
R.





Evangelho - Mt 14,1-12

Herodes mandou cortar a cabeça de João. Vieram os dicípulos e foram contar tudo a Jesus.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 14, 1-12
1 Naquele tempo, a fama de Jesus chegou aos ouvidos do governador Herodes.
2 Ele disse a seus servidores: 'É João Batista, que ressuscitou dos mortos; e, por isso, os poderes miraculosos atuam nele. '
3 De fato, Herodes tinha mandado prender João, amarrá-lo e colocá-lo na prisão, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe.
4 Pois João tinha dito a Herodes: 'Não te é permitido tê-la como esposa. '
5 Herodes queria matar João, mas tinha medo do povo, que o considerava como profeta.
6 Por ocasião do aniversário de Herodes, a filha de Herodíades dançou diante de todos, e agradou tanto a Herodes
7 que ele prometeu, com juramento, dar a ela tudo o que pedisse.
8 Instigada pela mãe, ela disse: 'Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João Batista. '
9 O rei ficou triste, mas, por causa do juramento diante dos convidados, ordenou que atendessem o pedido dela.
10 E mandou cortar a cabeça de João, no cárcere.
11 Depois a cabeça foi trazida num prato, entregue à moça e esta a levou para a sua mãe.
12 Os discípulos de João foram buscar o corpo e o enterraram. Depois foram contar tudo a Jesus.
Palavra da Salvação.






SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO, BISPO E DOUTOR DA IGREJA - SANTORAL

1a Leitura - Rm 8,1-4

A lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristote libertou da lei do pecado e da morte.

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8, 1-4
Irmãos:
1 Não há mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus.
2 Pois a lei do Espírito que dá a vida em Jesus Cristo te libertou da lei do pecado e da morte.
3 Com efeito, aquilo que era impossível para a Lei, já que ela estava enfraquecida pela carne, Deus o realizou; tendo enviado seu próprio Filho numa condição semelhante àquela da humanidade pecadora, e por causa justamente do pecado, condenou o pecado em nossa condição humana,
4 para que toda a justiça exigida pela Lei seja cumprida em nós que não procedemos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Palavra do Senhor





Salmo - Sl 118(119),9.10.11.12.13.14 (R. 12b)

R. Ó Senhor, ensinai-me os vossos mandamentos!

9 Como um jovem poderá ter vida pura? / Observando, ó Senhor, vossa palavra.
R.

10 De todo o coração eu vos procuro, / não deixeis que eu abandone a vossa lei!
R.

11 Conservei no coração vossas palavras, / a fim de eu não peque contra vós.
R.

12 Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; / os vossos mandamentos ensinai-me!
R.

13 Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero / os decretos que ditou a vossa boca.
R.

14 Seguindo vossa lei me rejubilo / muito mais do que em todas as riquezas.
R.





Evangelho - Mt 5,13-19

Vós sois a luz do mundo.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5, 13-19

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
13 'Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
14 Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
15 Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa.
16 Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.
17 Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
18 Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
19 Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus'.
Palavra da Salvação.




Pesquisa rápida
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Minha prece, sobe a Ti, Senhor!”
Mt 14, 1-12

O assassinato de João Batista recoloca um tema comum, no âmbito da história do profetismo bíblico: a imposição do silêncio ao enviado de Deus. Quem recebeu a missão divina de convocar o povo à conversão, acaba sendo silenciado por quem deveria escutá-lo.

Outro tema é o da força e a coragem dos profetas. Embora enfrentando as forças hostis e resistentes à sua pregação, não se deixam intimidar, por terem consciência do caráter divino da missão recebida.

A força e a ousadia de João Batista revelam-se na coragem com que enfrenta Herodes, um governante desumano e cruel, reconhecidamente prepotente.  Sem medo, João denuncia a sua injustiça cometida e sofre as consequências de sua valentia.

Herodes, apesar de sua prepotência é um homem atormentado, é cheio de remorso, mas não busca o arrependimento. Vive com medo de ser castigado em vida. É o promotor do anti-Reino mergulhado na sua maldade que continua ceifando vidas, oprimindo o povo e cavando a sua própria condenação.

Os convidados para o banquete aceitaram passivamente que João fosse degolado no cárcere por Herodes, a pedido de uma jovem mimada, induzida pela maldade de sua mãe. Se tornaram covardes e maldosos como o próprio Herodes.

Os discípulos de João, muito tristes, foram contar tudo para Jesus, o que vai impulsioná-Lo na missão. É como se dissesse: “Agora é hora de agir”.

Hoje somos também provocados pela Palavra, a continuar desmascarando a prepotência e ousadia daqueles que acreditam ter poder absoluto, atentam contra a vida e eliminam pessoas.

Rezemos: Senhor, nos dê coragem para viver o compromisso da profecia e fidelidade em nosso cotidiano, anunciando a alegria do Reino, a força da vida que supera a morte.

Hoje celebramos a memória de Santo Afonso Maria de Ligório. Nasceu em 1696, na Itália, abandonou a carreira de jurista e abraçou o sacerdócio e a causa dos humildes. Acudiu o povo na sua miséria material e espiritual. Incrementou o culto à Eucaristia e à devoção a Nossa Senhora. Foi Doutor da Igreja e beneficiou a muitos oferecendo um modo especial de encarar o pecado, com ênfase na misericórdia de Deus. Fundou a Congregação do Santíssimo Redentor, os padres Redentoristas. E morreu em 1787. Imitemos Santo Afonso em seu zelo pelos pobres, na valorização da Eucaristia, na devoção a Nossa Senhora e na vivência da misericórdia. Santo Afonso, rogai por nós!

Deus abençoe você e sua família.
Um Abraço,
Pe. João Luiz
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe sua preciosa vida e sua jornada de sábado. Um novo mês começa. Agradeçamos a Deus o mês de Julho que findou e acolhemos com carinho o mês de Agosto com tantos motivos para celebrar: mês vocacional, dia do padre, dos pais, dos religiosos, dos consagrados, dos leigos, dos catequistas...enfim, um mês repleto de motivos espirituais para o nosso crescimento como cristãos. Abaixo deixei uma oração para ser feita já no primeiro dia de Agosto. Aliás, hoje recordamos Santo Afonso Maria de Ligório, fundador da Congregação dos Padres e irmãos  Redentoristas, que entre tantas atividades, tomam conta do Santuário Nacional de Aparecida! Deus abençoe seu dia com chuvas de bençãos e graças.

ORAÇÃO PARA AGOSTO...
Senhor meu Deus, entro em tua maravilhosa presença neste momento, primeiramente para te engrandecer e dizer o quanto o Senhor é maravilhoso e poderoso, sei que maravilhas faz em meu favor e que estás ao meu lado em todos os momentos, por isso eu venho colocar esse mês que se inicia em tuas mãos, o mês de agosto começa e eu desejo que ele venha cheio de alegrias e bençãos. Senhor que esse mês venha a ser uma benção, que a tua presença esteja comigo durante todo esse mês e por toda a minha vida, que a tua proteção e força não me deixem nem por um dia e que eu venha a andar em teus caminhos e não me desviar dele. Entrego em tuas mãos esse mês, que agosto venha a ser um mês de grande alegrias e realizações, e que todo mal, toda perturbação e adversidades que se levantar contra a minha vida neste mês, sejam repreendidas e desfeitas em nome de Jesus Cristo. Eu determino um mês de portas abertas, de bençãos sem medidas e de unção de Deus sobre a minha vida em nome de Jesus. Amém e graças a Deus.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm

FEVEREIRO
D
S
T
Q
Q
S
S






1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
Mapas Mentais
- DEDICADO À VIRGEM MARIA -
Voltar para o conteúdo