19 de setembro de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

19 de setembro de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > SETEMBRO

4ª-feira da 24ª Semana do Tempo Comum
19 de Setembro de 2018
Cor: Verde


2ª Leitura - 1Cor 12,31-13,13

Permanecem a fé, a esperança e a caridade.
Mas a maior delas é a caridade.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 12,31-13,13

Irmãos:
31 Aspirai aos dons mais elevados. Eu vou ainda mostrar-vos um caminho incomparavelmente superior.
13,1 Se eu falasse todas as línguas, as dos homens e as dos anjos, mas não tivesse caridade, eu seria como um bronze que soa ou um címbalo que retine.
2 Se eu tivesse o dom da profecia, se conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, mas se não tivesse caridade, eu não seria nada.
3 Se eu gastasse todos os meus bens para sustento dos pobres, se entregasse o meu corpo às chamas, mas não tivesse caridade, isso de nada me serviria.
4 A caridade é paciente, é benigna; não é invejosa, não é vaidosa, não se ensoberbece;
5 não faz nada de inconveniente, não é interesseira, não se encoleriza, não guarda rancor;
6 não se alegra com a iniqüidade, mas se regozija com a verdade.
7 Suporta tudo, crê tudo, espera tudo, desculpa tudo.
8 A caridade não acabará nunca. As profecias desaparecerão, as línguas cessarão, a ciência desaparecerá.
9 Com efeito, o nosso conhecimento é limitado e a nossa profecia é imperfeita.
10 Mas, quando vier o que é perfeito, desaparecerá o que é imperfeito.
11 Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Quando me tornei adulto, rejeitei o que era próprio de criança.
12 Agora nós vemos num espelho, confusamente, mas, então, veremos face a face. Agora, conheço apenas de modo imperfeito, mas, então, conhecerei como sou conhecido.
13 Atualmente permanecem estas três coisas: fé, esperança, caridade. Mas a maior delas é a caridade.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 32 (33),2-3. 4-5. 12.22 (12b)

R. Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!

2Dai graças ao Senhor ao som da harpa, *
na lira de dez cordas celebrai-o!
3Cantai para o Senhor um canto novo, *
com arte sustentai a louvação!R.

4Pois reta é a palavra do Senhor, *
e tudo o que ele faz merece fé.
5Deus ama o direito e a justiça, *
transborda em toda a terra a sua graça.R.

12Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, *
e a nação que escolheu por sua herança!
22Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça,
da mesma forma que em vós nós esperamos!R.


Evangelho - Lc 7,31-35

Tocamos flauta para vós e não dançastes;
fizemos lamentações e não chorastes!

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7,31-35

Naquele tempo, disse Jesus:
31 Com quem hei de comparar os homens desta geração? Com quem eles se parecem?
32 São como crianças que se sentam nas praças, e se dirigem aos colegas, dizendo: 'Tocamos flauta para vós e não dançastes; fizemos lamentações e não chorastes!'
33 Pois veio João Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e vós dissestes: 'Ele está com um demônio!'
34 Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis: 'Ele é um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e dos pecadores!'
35 Mas a sabedoria foi justificada por todos os seus filhos.'
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO


“Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!”

Lc 7, 31-35

As crianças birrentas ficam emburradas e ninguém consegue fazê-las entrar na brincadeira. Esta é a imagem que Jesus escolhe para comparar seus conterrâneos. Permanecem inertes diante da pregação de João Batista e em relação à obra libertadora de Jesus.

Chamaram João Batista de Louco e apelidaram Jesus de “Beberrão e comilão” e “amigos de cobradores de impostos e pecadores”. Nada os fez sair de seu comodismo.

O recado de Jesus de Jesus atingia sobretudo os lideres religiosos, que não acolheram Jesus e o seu Reino de justiça e amor; pior impediam o povo de seguir os passos do Mestre.

As pessoas simples, porém, os cobradores de impostos e os pecadores aceitaram Jesus, o enviado do Pai. Somente os “filhos” da sabedoria reconhecem e acolhem o Messias em sua maneira simples de agir.

Um outro ensinamento que brota desse Evangelho. Nem João e nem Jesus escaparam das críticas e do veneno dos maldosos, quanto mais nós... se como discípulos ficarmos esperando os elogios e o reconhecimento podemos ficar frustrado. Para ser discípulos e missionário exige-se muita resignação e a certeza da missão recebida, para não abandonar tudo.

Continuemos fazendo nossa parte. Que o Espírito Santo cure as feridas abertas por línguas perversas.

Rezemos: Senhor, cria em mim um coração dócil, sempre pronto para acolher a Palavra de Deus e colocá-la em prática. Quero ser um Discipulo Missionário.

Deus abençoe você e sua família.

Padre João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe seu novo dia. Uma quarta-feira feliz e abençoada com toda sorte de bençãos físicas e espirituais. Desejo que seus primeiros movimentos sejam de gratidão a Deus pelo dom da vida, de ter mais um dia para fazer o bem, ser melhor, superar-se, ajudar, apoiar, ser solidário, caridoso, prestativo, bondoso, misericordioso...peça isso, respire fundo e deixe o ar do amor, da paz, da alegria, do otimismo...entrar em cada célula do seu corpo...Isso é vida, isso é energia, isso é Espírito Santo que ilumina todo o seu ser. Diga (bem alto ou baixinho mesmo) EU SOU DE DEUS e DEUS ESTÁ COMIGO e vou LEVAR ESSE AMOR...ONDE EU ESTIVER, COM QUEM ESTIVER, COM QUEM PRECISAR....
Pronto!!! Agora avante...o dia já começou...é só viver!!!!


Senhor Deus de Bondade, nesta quarta-feira, venho diante de ti para agradecer todo o bem que realizas na minha vida. Muito obrigado pelo ar que respiro, pelo alimento à minha mesa, pelas pessoas que amo. Quero agradecer também pela graça do trabalho. Eu bem sei, Senhor, que trabalhar é colaborar com teu plano de amor e serviço a toda a criação. É também a forma que tenho para garantir o pão de cada dia para mim e minha família. Eu te peço que olhes com carinho para todos os desempregados e desempregadas. Que eles com a tua graça e a nossa colaboração encontrem um trabalho digno e suficiente para suprir suas necessidades. Abençoa os aposentados e aposentadas por todo o trabalho bonito que realizaram. Por intercessão de São José operário, protege a todos os trabalhadores e trabalhadoras. Tudo isso eu te peço por Jesus Cristo, teu filho e nosso irmão, na força e na unidade do Espírito Santo, Amém!

Sl 110 - Grandiosas são as obras do Senhor!

Eu agradeço a Deus de todo o coração junto com todos os seus justos reunidos! Que grandiosas são as obras do Senhor, elas merecem todo o amor e admiração!

Que beleza e esplendor são os seus feitos! Sua justiça permanece eternamente! O Senhor bom e clemente nos deixou a lembrança de suas grandes maravilhas.

Ele dá o alimento aos que o temem e jamais esquecerá sua Aliança. Ao seu povo manifesta seu poder, dando a ele a herança das nações.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Frei Rinaldo, osm

PUBLICIDADE
App Liturgia Católica
RSS FEED
Voltar para o conteúdo