2019 - JANEIRO - 10 - Liturgia Católica Apostólica Romana

- AD MAIOREM DEI GLORIAM -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Liturgia Diária
5ª-FEIRA DEPOIS DA EPIFANIA – NATAL


1a Leitura - 1Jo 4,19 - 5,4
Aquele que ama a Deus, ame também o seu irmão.

Leitura da Primeira Carta de São João 4,19 – 5,4

Caríssimos:
19 Quanto a nós, amemos Deus porque ele nos amou primeiro.
20 Se alguém disser: ‘Amo a Deus’, mas entretanto odeia o seu irmóo, é um mentiroso; pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não poderá amar a Deus, a quem não vê.
21 E este é o mandamento que dele recebemos: aquele que ama a Deus, ame também o seu irmão.
5,1 Todo o que crê que Jesus é o Cristo, nasceu de Deus, e quem ama aquele que gerou alguém, amará também aquele que dele nasceu.
2 Podemos saber que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos.
3 Pois isto é amar a Deus: observar os seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados,
4 pois todo o que nasceu de Deus vence o mundo. E esta é a vitória que venceu o mundo: a nossa fé.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 71 (72), 1-2. 14.15bc. 17 (R. Cf 11)
R. Os reis de toda a terra, hão de adorar-vos, ó Senhor!

1Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, *
vossa justiça ao descendente da realeza!
2Com justiça ele governe o vosso povo, *
com eqüidade ele julgue os vossos pobres.
R.

14Há de livrá-los da violência e opressão, *
pois vale muito o sangue deles a seus olhos!
15bHão de rezar também por ele sem cessar, *
15cbendizê-lo e honrá-lo cada dia.
R.

17Seja bendito o seu nome para sempre! *
E que dure como o sol sua memória!
Todos os povos serão nele abençoados, *
todas as gentes cantarão o seu louvor!
R.


Evangelho - Lc 4,14-22a
Hoje se cumpriu esta palavra da Escritura.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 4,14-22a

Naquele tempo:
14 Jesus voltou para a Galiléia, com a força do Espírito, e sua fama espalhou-se por toda a redondeza.
15 Ele ensinava nas suas sinagogas e todos o elogiavam.
16 E veio à cidade de Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura.
17 Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito:
18‘ O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos
19 e para proclamar um ano da graça do Senhor.’
20 Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele.
21 Então começou a dizer-lhes: ‘Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir.’
22 aTodos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“As nações de toda a terra hão de adorar-vos, ó Senhor!”
Lc 4, 14-22

O texto do Profeta Isaias, apresentado no Evangelho de São Lucas, resume a missão abraçada por Jesus, no início do seu ministério. Uma missão exigente! Sua vida inteira colocada a serviço da libertação.
Os pobres, os presos, os cegos e os oprimidos, apresentado na palavra profética, representam todos quantos carecem de libertação.
O coração do Mestre tem uma sensibilidade especial em relação a essas pessoas que sofrem. Ninguém está excluído de seu amor, Ele mostra o quanto o Pai nos ama. Este amor resgata a dignidade de cada filho e filha de Deus.
Na sinagoga de Nazaré, Jesus apresenta a plataforma do Reino, anuncia a libertação de todas as enfermidades e limitações, anuncia o tempo novo de justiça e paz, onde a vida se manifesta com sua força.
Proclama que a Palavra é viva e eficaz. Aqui e agora ela acontece. À semelhança da semente, a Palavra tem seu tempo. E o Reino está entre nós como o fermento ou como a pequena semente de mostarda. A semente da esperança foi lançada em nosso pobre chão e nos enriquece de vida e alegria.
O discípulo do Reino é chamado a abraçar o mesmo projeto de Jesus. Deve anunciar a Boa-Nova aos pobres, proclamar o Ano da Graça a todos, sendo um sinal da misericórdia do Pai, cuidando da vida e anunciando com alegria o Evangelho.

Rezemos: Quero ser forte para abraçar o mesmo projeto de Jesus, colocando-me a serviço dos irmãos que carecem de libertação. Que a Palavra se cumpra na minha vida.  

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe seu novo dia de quinta-feira. Que as bençãos de Deus sejam derramadas sobre sua vida, sobre sua família, seu trabalho, seu descanso...seus amigos e familiares. Respire fundo, agradeça pela vida e siga adiante com coragem e fé. Deus vai acompanhar todos os seus passos. Seja luz!

SALMO 09

Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas.
Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo;
O Senhor é também um alto refúgio para o oprimido, um alto refúgio em tempos de angústia.
Em ti confiam os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, não abandonas aqueles que te buscam.
Cantai louvores ao Senhor, que habita em Sião; anunciai entre os povos os seus feitos.


Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
PUBLICIDADE
- Totus Tuus -
Voltar para o conteúdo