2019 - JANEIRO - 18 - Liturgia Católica Apostólica Romana

- AD MAIOREM DEI GLORIAM -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Gloriosa Santa Isabel da Hungria, protetora dos lares e das famílias virtuosas, vós conseguiste a conversão de Vosso esposo, o rei á fé, fazendo nascer em seu coração, o sentimento de caridade para com os pobres e humildes. Vós dedicastes Vossa alma à caridade e destes às famílias desamparadas, Vosso socorro. Assim, cheio de confiança  em Vosso mérito, rogo Vossa intercessão perante Deus Nosso Pai a fim de que esteja meu lar sempre protegido e tranquilo e que em minha família jamais falte o suficiente para a manutenção e para o socorro dos pobres que baterem à nossa porta implorando auxílio em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Liturgia Diária
6ª-FEIRA DA 1ª SEMANA – TEMPO COMUM
COR LITÚRGICA: VERDE


1a Leitura - Hb 4,1-5.11
Esforcemo-nos por entrar neste repouso.

Leitura da Carta aos Hebreus 4,1-5.11

Irmãos:
1 Tenhamos cuidado, enquanto nos é oferecida a oportunidade de entrar no repouso de Deus, não aconteça que alguém de vós fique para trás.
2 Também nós, como eles, recebemos uma boa-nova. Mas a proclamação da palavra de nada lhes adiantou, por não ter sido acompanhada da fé naqueles que a tinham ouvido,
3 enquanto nós, que acreditamos, entramos no seu repouso. É assim como ele falou: ‘Por isso jurei na minha ira: jamais entrarão no meu repouso.’ Isso, não obstante as obras de Deus estarem terminadas desde a criação do mundo.
4 Pois, em certos lugares, assim falou do sétimo dia: ‘E Deus repousou no sétimo dia de todas as suas obras’, 5e ainda novamente: ‘Não entrarão no meu repouso.’
11 Esforcemo-nos, portanto, por entrar neste repouso, para que ninguém repita o acima referido exemplo de desobediência.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 77, 3.4bc. 6c-7. 8 (R. Cf. 7c)
R. Não vos esqueçais das obras do Senhor!

3Tudo aquilo que ouvimos e aprendemos, *
e transmitiram para nós os nossos pais,
4bà nova geração nós contaremos:
4cAs grandezas do Senhor e seu poder.
R.

6cLevantem-se e as contem a seus filhos, *
7para que ponham no Senhor sua esperança;
das obras do Senhor não se esqueçam, *
e observem fielmente os seus preceitos.
R.

8Nem se tornem, a exemplo de seus pais, *
rebelde e obstinada geração,
uma raça de inconstante coração, *
infiel ao Senhor Deus, em seu espírito.
R.


Evangelho - Mc 2,1-12
O Filho do Homem tem na terra

poder de perdoar pecados

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 2,1-12

1 Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum. Logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa.
2 E reuniram-se ali tantas pessoas, que já não havia lugar, nem mesmo diante da porta. E Jesus anunciava-lhes a Palavra.
3 Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens.
4 Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado.
5 Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: ‘Filho, os teus pecados estão perdoados’.
6 Ora, alguns mestres da Lei, que estavam ali sentados, refletiam em seus corações:
7‘ Como este homem pode falar assim? Ele está blasfemando: ninguém pode perdoar pecados, a não ser Deus’.
8 Jesus percebeu logo o que eles estavam pensando no seu íntimo, e disse:’Por que pensais assim em vossos corações?
9 O que é mais fácil: dizer ao paralítico:’Os teus pecados estão perdoados’, ou dizer:’Levanta-te, pega a tua cama e anda’?
10 Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder de perdoar pecados, – disse ele ao paralítico: –
11 eu te ordeno: levanta-te, pega tua cama, e vai para tua casa!’
12 O paralítico então se levantou e, carregando a sua cama, saiu diante de todos. E ficaram todos admirados e louvavam a Deus, dizendo: ‘Nunca vimos uma coisa assim’.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS

“Não vos esqueçais das obras do Senhor!”
Mc 2, 1-12

Muitos se aproximam de Jesus para ouvi-lo e se encantam com suas palavras.  São tantas pessoas na casa, que lançam mão de algo inédito para colocar o paralítico aos pés de Jesus.
O esforço dos quatro homens que carregam a maca, demonstra solidariedade com o enfermo e fé no poder de Deus. Jesus, com sua palavra poderosa, perdoa os pecados do paralitico e o faz caminhar, cura integralmente este homem enfermo. É uma cura espiritual e física.
O perdão dos pecados já é o início dessa cura, que começa pelo interior daquele homem deitado na maca. Recuperado interiormente, estava em condições de receber a cura exterior. Sem a cura do coração corria o risco de sair dali para praticar o mal, com as forças físicas recuperadas. Reconciliado com Deus, podia-se esperar que saísse dali para fazer o bem.
Este fato revela o poder e a sabedoria de Jesus que salva a liberta as pessoas e mostra também a força solidária da comunidade. É a comunidade que carrega o paralítico até Jesus e tem a criatividade para colocá-lo à sua frente.
Somos responsáveis pelos caminham conosco, sobretudo em momentos de crise. Deus confia a cada um de nós o cuidado dos irmãos nesses momentos difíceis. Não posso permanecer indiferente aos problemas e dificuldades dos irmãos.

Rezemos: Senhor, cura o meu coração através do perdão. Quero praticar o bem e estar a serviço dos irmãos carentes de amor e vida.  

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe sua preciosa vida nesta fascinante jornada de sexta-feira.
Que seu dia seja repleto de bençãos e vitórias. Agradeça o dom da vida, levante a cabeça e continue hoje dando sequência ao bem que você já estava fazendo. Seja verdadeiro e honesto em suas intenções, ações e palavras. Deus ama quem é verdadeiro! Seja caridoso!


"Que o Senhor conceda conforme os desejos do teu coração e cumpra e cumpra todo o teu desígnio."
Salmos 20:4

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo, osm
PUBLICIDADE
- Totus Tuus -
Voltar para o conteúdo