2019 - JUNHO - 12 - QUARTA-FEIRA - Liturgia Católica Apostólica Romana

- AD MAIOREM DEI GLORIAM -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
VATICAN NEWS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária


1ª Leitura - 2Cor 3,4-11

Ele é que nos tornou capazes
de exercer o ministério de uma aliança nova.
Esta não é uma aliança da letra, mas do Espírito.


Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 3,4-11


Irmãos:
4 É por Cristo que temos tal confiança perante Deus,
5 não porque sejamos capazes por nós mesmos, de ter algum pensamento, como de nós mesmos, mas essa nossa capacidade vem de Deus.
6 Ele é que nos tornou capazes de exercer o ministério de uma aliança nova. Esta não é uma aliança da letra, mas do Espírito. Pois a letra mata, mas o Espírito comunica a vida.
7 Se o ministério da morte, gravado em pedras com letras, foi cercado de tanta glória, que os israelitas não podiam fitar o rosto de Moisés, por causa do seu fulgor, ainda que passageiro,
8 quanto mais glorioso não será o ministério do Espírito?
9 Pois, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais glorioso há de ser o ministério ao serviço da justificação.
10 Realmente, em comparação com uma glória tão eminente, já não se pode chamar glória o que então tinha sido glorioso.
11 Pois, se o que era passageiro foi marcado de glória, muito mais glorioso será o que permanece.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 98, 5. 6. 7. 8. 9 (R. Cf. 9c)


R. Santo é o Senhor nosso Deus!


5 Exaltai o Senhor nosso Deus, +
e prostrai-vos perante seus pés, *
pois é santo o Senhor nosso Deus!
R.

6 Eis Moisés e Aarão entre os seus sacerdotes. +
E também Samuel invocava seu nome, *
e ele mesmo, o Senhor, os ouvia.
R.

7 Da coluna de nuvem falava com eles. +
E guardavam a lei e os preceitos divinos, *
que o Senhor nosso Deus tinha dado.
R.

8 Respondíeis a eles, Senhor nosso Deus, +
porque éreis um Deus paciente com eles, *
mas sabíeis punir seu pecado.
R.

9 Exaltai o Senhor nosso Deus, +
e prostrai-vos perante seu monte, *
pois é santo o Senhor nosso Deus!
R.



Evangelho - Mt 5,17-19

Aquele que praticar e ensinar os mandamentos,
este será considerado grande.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5,17-19

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
17 Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento.
18 Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra.
l9 Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus.
Palavra da Salvação.



Fonte: Youtube RS21
Reflexão - Padre João Luís Fávero - Campinas (SP)
“Santo é o Senhor nosso Deus!”
Mt 5, 17-19

Jesus proclama que não veio abolir o Antigo Testamento, simbolizado pela Lei e os Profetas. Ele veio dar-lhe pleno cumprimento: “Desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou”.
Acertadamente Jesus afirma que não veio descartar, mas realizar de modo pleno as Escrituras. Começa com Jesus, o tempo da plenitude.

Os conterrâneos de Jesus, adeptos ao legalismo, são incapazes de entender o projeto de Jesus, que prioriza o amor. Eles estavam tão perto da Lei, mas tão longe de Deus! Jesus vem dar nova compreensão aos mandamentos e à vida.

A Lei e os Profetas foram dados e escritos para orientar o povo a viver segundo o projeto de Deus. Jesus fala com autoridade que está acima da legislação antiga. Sua interpretação é autêntica.

Jesus cumpre a Lei e os Profetas no sentido mais profundo. Se corrige algumas tradições (doutrinas humanas), inserida na Escritura, é no sentido de libertar o ser humano e dotá-lo de vida e liberdade.  

Para Jesus a síntese da Lei e dos Profetas é o Amor a Deus e ao próximo. Com as bem-aventuranças, abre um os horizontes de um mundo novo. São Paulo vai lembrar mais tarde: “O Amor é a plenitude da Lei” (Rm 13, 10).

Rezemos: Senhor quero fazer a tua vontade. Quero amar sempre mais e mais.

Deus abençoe você e sua família.
Reflexão - Frei Rinaldo Stecanella, osm
Bom dia. Deus abençoe você nessa espetacular jornada de quarta-feira. Hoje se recorda o dia dos namorados...que você seja sempre um enamorado pela vida, pelas pessoas, pela natureza, por tudo aquilo que a vida lhe dá todos os dias.  Creia, hoje o dia será melhor que ontem! Deus nos dá mais uma oportunidade de sermos melhores e fazermos o bem. Então lance a semente do amor, da paz, da alegria, da concórdia, da justiça, da caridade, da ternura, da misericórdia. E se prepare para tudo aquilo que o Senhor vai recompensar você. Ele vai!!!

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13, 4-7
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- Totus Tuus -
Voltar para o conteúdo