2019 - MAIO - 30 - QUINTA-FEIRA - Liturgia Católica Apostólica Romana

- AD MAIOREM DEI GLORIAM -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
NOTICIÁRIO DO VATICANO - 30/05/19
MENSAGEM DO PAPA AOS ROMENOS
Pesquisa rápida
Liturgia Diária

1ª Leitura - At 18,1-8

Paulo passou a morar com eles;
trabalhava e discutia na sinagoga.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 18,1-8

Naqueles dias:
1 Paulo deixou Atenas e foi para Corinto.
2 Aí encontrou um judeu chamado Áquila, natural do Ponto, que acabava de chegar da Itália, e sua esposa Priscila, pois o imperador Cláudio tinha decretado que todos os judeus saíssem de Roma. Paulo entrou em contato com eles.
3 E, como tinham a mesma profissão - eram fabricantes de tendas - Paulo passou a morar com eles e trabalhavam juntos.
4 Todos os sábados, Paulo discutia na sinagoga, procurando convencer judeus e gregos.
5 Quando Silas e Timóteo chegaram da Macedônia, Paulo dedicou-se inteiramente à Palavra, testemunhando diante dos judeus que Jesus era o Messias.
6 Mas, por causa da resistência e blasfêmias deles, Paulo sacudiu as vestes e disse: 'Vós sois responsáveis pelo que acontecer. Eu não tenho culpa; de agora em diante, vou dirigir-me aos pagãos.'
7 Então, saindo dali, Paulo foi para a casa de um pagão, um certo Tício Justo, adorador do Deus único, que morava ao lado da sinagoga.
8 Crispo, o chefe da sinagoga, acreditou no Senhor com toda a sua família; e muitos coríntios, que escutavam Paulo, acreditavam e recebiam o batismo.
Palavra do Senhor.



Salmo - Sl 97, 1. 2-3ab. 3cd-4 (R. Cf. 2b)

R. O Senhor fez conhecer seu poder salvador perante as nações.
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

1 Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
porque ele fez prodígios!
Sua mão e o seu braço forte e santo*
alcançaram-lhe a vitória.
R.

2 O Senhor fez conhecer a salvação,*
e às nações, sua justiça;
3 arecordou o seu amor sempre fiel*
3b pela casa de Israel.
R.

3c Os confins do universo contemplaram*
3 da salvação do nosso Deus.
4 Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,*
alegrai-vos e exultai!
R.



Evangelho - Jo 16,16-20

Vós ficareis tristes,
mas a vossa tristeza se transformará em alegria.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 16,16-20

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
16 Pouco tempo ainda, e já não me vereis.  E outra vez pouco tempo, e me vereis de novo.'
17 Alguns dos seus discípulos disseram então entre si:  'O que significa o que ele nos está dizendo:  'Pouco tempo, e não me vereis,  e outra vez pouco tempo, e me vereis de novo',  e: 'Eu vou para junto do Pai'?'
18 Diziam, pois:  'O que significa este pouco tempo?  Não entendemos o que ele quer dizer.'
19 Jesus compreendeu que eles queriam interrogá-lo;  então disse-lhes: 'Estais discutindo entre vós  porque eu disse:  `Pouco tempo e já não me vereis,  e outra vez pouco tempo e me vereis'?
20 Em verdade, em verdade vos digo:  Vós chorareis e vos lamentareis,  mas o mundo se alegrará;  vós ficareis tristes,  mas a vossa tristeza se transformará em alegria.
Palavra da Salvação.

Fonte: Youtube RS21

REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“O Senhor fez conhecer seu poder salvador perante as nações.”
Jo 16, 16-20

A separação de Jesus e os discípulos enchia de tristeza o coração deles. A presença física dava segurança. Era agradável ouvir as palavras cheias de sabedoria, e Jesus esforçava-se para manter o grupo unido e coeso.

Há coisas que os discípulos só serão capazes de entender mais tarde. Após a Morte e a Ressurreição de Jesus, estas realidades se tornarão mais claras. Há uma pedagogia que revela a verdade aos poucos, à medida que eles podem entender.

A expressão “daqui a pouco”, proferida por Jesus, pode ser considerada em dois níveis.

Primeiramente refere-se à Paixão e Morte de Jesus. Será um momento de desolação para os discípulos. Com a Ressurreição, volta a alegria, sentimento presente em várias pessoas que se encontram com o Senhor Ressuscitado.
Em segundo lugar, aplica-se ao retorno de Jesus ao Pai na Ascenção. Aqui os discípulos se sentem órfãos. Mas Jesus não os deixa no abandono. Envia-lhes o Espírito Santo. A alegria e o entusiasmo apoderam-se deles, antes tímidos e depois cheios de coragem e fortaleza para a Missão.

Na verdade, Jesus nunca deixa sozinhos e desorientados seus discípulos missionários. Ele está vivo e atuante no meio da comunidade. Assim a experiência da Ressurreição gera a Missão que é sustentada na força do Espírito Santo.

Rezemos: Senhor, que a força da Ressurreição traga a alegria que supera a tristeza e na força do Espírito Santo eu seja um discípulo levando avante a Missão de Jesus.

Deus abençoe você e sua família.



REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe seu novo dia de Quinta-feira que já começou. Que seu dia seja de muitas bençãos. Deus está com você. É dia de semear o bem, o amor, a paz, a alegria. Lance a semente.  Deus faz o resto. Deus faz germinar, florecer e os frutos aparecerem! Faça a sua parte...só isso! Que Deus o acompanhe em todos os seus passos.

Faça essa oração pensando em Deus.

Senhor Deus de Bondade, nesta quinta-feira, venho diante de ti para agradecer todo o bem que realizas na minha vida. Muito obrigado pelo ar que respiro, pelo alimento à minha mesa, pelas pessoas que amo. Muito obrigado pela luz que vem do teu Espírito Santo. Eu te peço, Senhor, que sempre ilumine meus passos e meus caminhos com o brilho da tua sabedoria. Dá-me bom senso, lucidez e discernimento para não me entregar a falsas ilusões. Protege a minha família e a todos os que eu amo de qualquer erro ou engano. Mostra-me sempre a beleza da tua verdade e do teu amor, para que eu possa ser instrumento da Sabedoria que vem de ti. Tudo isso eu te peço por Jesus Cristo, teu filho e nosso irmão, na força e na unidade do Espírito Santo, Amém!

Com carinho e bençãos
Frei Rinaldo osm







ORAÇÃO
ORAÇÃO

Concedei-me, Ó Pai a coragem e o espírito de sacrifício de vossa serva Joana D`Arc, a fim de que, pelo seu exemplo e fidelidade, seja eu também um soldado da Causa do Evangelho. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém. Santa Joana D´Arc, rogai por nós.

Ó Santa Joana D’arc, vós que cumprindo a vontade de Deus, de espada em punho, vos lançastes à luta, por Deus, ajudai-me a perceber no meu íntimo, as inspirações de Deus.

Com o auxílio de vossa espada, fazei recuar os meus inimigos que atentam contra a minha fé e contra as pessoas mais pobres e desvalidas que habitam nossa Pátria.

Santa Joana D’arc, ajudai-me a vencer as dificuldades no lar, no emprego, no estudo e na vida diária.

Ó Santa Joana D’arc, atenda ao meu pedido (PEDIDO). E que nada me obrigue a recuar, quando estou com razão e a verdade, nem opressões, nem ameaças, nem processos, nem mesmo a fogueira.

Santa Joana D’arc, iluminai-me, guiai-me, fortalecei-me, defendei-me.

Amém







Oração de Confiança
(São José Marello)

Ó Senhor,

inspirai-nos a melhor oração com que havemos de nos dirigir a Vós, e depois concedei-nos a graça de adorar sempre os decretos de nossa Vontade.







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

- Totus Tuus -
Voltar para o conteúdo