2019 - MARÇO - 10 - Liturgia Católica Apostólica Romana

- AD MAIOREM DEI GLORIAM -
Ir para o conteúdo
MISSAL > LITURGIA DO DIA
PROPÓSITO QUARESMAL
DOMINGO, 10 DE MARÇO DE 2019 - 5º DIA
"Participarei da Santa Missa com a minha família"
ORAÇÃO MARIANA DO ÂNGELUS
Papa Francisco rezou o Angelus deste domingo (10/03) na Praça São Pedro, e comentou o Evangelho do dia sobre as tentações às quais Jesus é submetido no deserto. Nesta noite o início dos Exercícios Espirituais.
NOTÍCIAS DO VATICANO - PORTUGUÊS
ORACIÓN MARIANA DEL ÁNGELUS
A la hora del Ángelus del I Domingo de Cuaresma Francisco se refirió a los tres caminos que el mundo siempre propone prometiendo grandes éxitos: la avidez de la posesión, la gloria humana y la instrumentalización de Dios, tal como el diablo hizo al tentar a Jesús en el desierto
VATICAN NEWS - ESPAÑOL
CONSAGRAÇÃO À SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA

Eu te escolho hoje, ó Maria, na presença de toda a corte celeste, por minha Mãe e minha Rainha.
Eu te entrego e consagro, com toda submissão e amor, meu corpo e minha alma, meus bens interiores e exteriores, e, também, o valor de minhas boas ações passadas, presentes e futuras.
Concedo-te inteiro e pleno direito de dispor de mim e de tudo o que me pertence, sem exceção, segundo tua boa vontade, para maior glória de Deus.
Amém.







1º DOMINGO – QUARESMA

Profissão de fé do povo eleito.

Leitura do Livro do Deuteronômio 26,4-10

Assim Moisés falou ao povo:
4O sacerdote receberá de tuas mãos a cesta
e a colocará diante do altar do Senhor teu Deus.
5Dirás, então, na presença do Senhor teu Deus:
‘Meu pai era um arameu errante,
que desceu ao Egito com um punhado de gente
e ali viveu como estrangeiro.
Ali se tornou um povo grande, forte e numeroso.
6Os egípcios nos maltrataram e oprimiram,
impondo-nos uma dura escravidão.
7Clamamos, então, ao Senhor, o Deus de nossos pais,
e o Senhor ouviu a nossa voz e viu a nossa opressão,
a nossa miséria e a nossa angústia.
8E o Senhor nos tirou do Egito
com mão poderosa e braço estendido,
no meio de grande pavor, com sinais e prodígios.
9E conduziu-nos a este lugar
e nos deu esta terra, onde corre leite e mel.
10Por isso, agora trago os primeiros frutos da terra
que tu me deste, Senhor’.
Depois de colocados os frutos
diante do Senhor teu Deus,
tu te inclinarás em adoração diante dele.
Palavra do Senhor.


R. Em minhas dores, ó Senhor, permanecei junto de mim!
1Quem habita ao abrigo do Altíssimo*
e vive à sombra do Senhor onipotente,
2diz ao Senhor:’Sois meu refúgio e proteçóo,*
sois o meu Deus, no qual confio inteiramente’.
R.

10Nenhum mal há de chegar perto de ti,*
nem a desgraça baterá à tua porta;
11pois o Senhor deu uma ordem a seus anjos*
para em todos os caminhos te guardarem.
R.

12Haverão de te levar em suas mãos,*
para o teu pé não se ferir nalguma pedra.
13Passarás por sobre cobras e serpentes,*
pisarás sobre leões e outras feras.
R.

14‘Porque a mim se confiou, hei de livrá-lo*
e protegê-lo, pois meu nome ele conhece.
15Ao invocar-me hei de ouvi-lo e atendê-lo,*
e a seu lado eu estarei em suas dores.
R.

Profissão de fé dos que crêem em Cristo.

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 10,8-13

Irmãos:
8O que diz a Escritura?
-‘A palavra está perto de ti,
em tua boca e em teu coração’.
Essa palavra é a palavra da fé, que nós pregamos.
9Se, pois, com tua boca confessares Jesus como Senhor
e, no teu coração,
creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo.
10É crendo no coração que se alcança a justiça
e é confessando a fé com a boca
que se consegue a salvação.
11Pois a Escritura diz:
‘Todo aquele que nele crer não ficará confundido’.
12Portanto, não importa a diferença entre judeu e grego;
todos têm o mesmo Senhor,
que é generoso para com todos os que o invocam.
13De fato,
todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo.
Palavra do Senhor.


Jesus, no deserto, era guiado [-x]
pelo Espírito e foi tentado.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 4,1-13

Naquele tempo:
1Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão,
e, no deserto, ele era guiado pelo Espírito.
2Ali foi tentado pelo diabo durante quarenta dias.
Não comeu nada naqueles dias
e depois disso, sentiu fome.
3O diabo disse, então, a Jesus:
‘Se és Filho de Deus,
manda que esta pedra se mude em pão.’
4Jesus respondeu:’A Escritura diz:
‘Não só de pão vive o homem’.’
5O diabo levou Jesus para o alto,
mostrou-lhe por um instante todos os reinos do mundo
6e lhe disse:
‘Eu te darei todo este poder e toda a sua glória,
porque tudo isso foi entregue a mim
e posso dá-lo a quem eu quiser.
7Portanto, se te prostrares diante de mim em adoração,
tudo isso será teu.’
8Jesus respondeu:’A Escritura diz:
‘Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás’.’
9Depois o diabo levou Jesus a Jerusalém,
colocou-o sobre a parte mais alta do Templo,
e lhe disse:’Se és Filho de Deus,
atira-te daqui abaixo!
10Porque a Escritura diz:
Deus ordenará aos seus anjos a teu respeito,
que te guardem com cuidado!’
11E mais ainda:’Eles te levarão nas mãos,
para que não tropeces em alguma pedra’.’
12Jesus, porém, respondeu:’A Escritura diz:
‘Não tentarás o Senhor teu Deus’.’
13Terminada toda a tentação,
o diabo afastou-se de Jesus,
para retornar no tempo oportuno.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO - CAMPINAS


“Em minhas dores, ó Senhor, permanecei junto de mim”
Lc 4, 1-13

IMITAR JESUS: SER LIVRE E FIEL AO PAI

Igual a nós em tudo, menos no pecado, Jesus passou pela tentação. O inimigo usou passagens da Escrituras para dar credibilidade às tentações. Mas Jesus repleto do Espírito e fortalecido pela Palavra soube enfrenta-las e não caiu na armadilha do tentador (diabo – aquele que procura dividir as pessoas e atrapalhar o projeto de Jesus).  

Jesus tem fome, mas fome da vontade do Pai. Ele revela o rosto do Pai e desmascara todas as idolatrias. Ele não quis ser reconhecido pelo seu poder e ensina a cuidar da vida no amor que reconstrói todas as relações.

Fazer das pedras pão; um milagre em benefício próprio. Eu te darei todo o poder e a riqueza destes reinos... se te prostrar diante de mim, Jesus responde: Só adorar a Deus. Do alto do templo, lembra o tentador; Se és o Filho de Deus, lança-te daqui a baixo... os anjos te segurarão. Jesus responde: Não tente a Deus!

Por isso não pula do alto do templo, mas sobe na cruz para entregar sua vida. Ele nos ensina a cuidar da vida e acumular coisas e nos leva a descobrir o verdadeiro sentido da nossa felicidade na fidelidade a vontade do Pai.

As tentações de Jesus continuam atuais: a ganância pelos bens materiais, pão ou riqueza, o desrespeito pela vida e a concentração de poder. A busca de um materialismo exagerado como fonte da felicidade do homem.  

No fundo, todas as tentações têm o mesmo objetivo: querer encontrar a felicidade do nosso jeito, recusando o projeto de Jesus, a vontade do Pai: diante da busca e concentração de poder, aprender a viver a democracia e ter atitude de serviço; da concentração de riquezas, aprender a partilhar em favor da vida todos.

Jesus indica a Palavra de Deus, vivida em comunidade, como garantia dos critérios cristãos de vida. “O homem não vive só de pão, mas da Palavra de Deus”.

Rezemos: Senhor, quero imitar Jesus e vencer as tentações. Quero tirar do meu coração o materialismo. Quero ser livre e manter a fidelidade ao querer do Pai.

Deus abençoe você e sua família.

REFLEXÃO - MARIA NAZARÉ LINS BARBOSA


1º Domingo da Quaresma

“Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos e fazei-me conhecer a vossa estrada! Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação” (Sl 25, 4-5).

Senhor nem sempre me oriento segundo a vossa verdade.

No dia a dia, nas decisões cotidianas, talvez eu me conduza como alguém que nem sabe com segurança qual é mesmo o seu destino.

Vou fazendo as coisas conforme a pressão dos acontecimentos; vou um pouco no susto, aos trancos e barrancos. Esqueço o GPS. Arrisco labirintos e becos sem saída. E tua Verdade Senhor é luminosa! Família, trabalho, saúde, descanso deveríamos trocar ideias com Deus sobre tudo o que nos acontece nesses campos! “Verdade e amor são os caminhos do Senhor”.

Quero me propor ao longo desta Quaresma uns breves minutos diários de diálogo com o Senhor, e ponderar na sua Presença o que eu estou fazendo bem, o que eu fiz mal, o que eu poderia fazer melhor, em relação à família, ao trabalho, à saúde, ao descanso  (pensar).

Oração: “Concedei-me, ó Deus onipotente, que, ao longo desta Quaresma, eu possa progredir no conhecimento de Jesus Cristo e corresponder a seu amor por uma vida santa.”



5º dia

 
“A lei do Senhor Deus é perfeita, conforto para a alma! Os preceitos do Senhor são precisos, alegria ao coração” (Sl 18).

Senhor, me entusiasmo ao pensar que a tua lei é a lei do amor. Neste tempo de Quaresma quero viver melhor a lei de Cristo, para chegar à festa da Páscoa com um coração purificado, exercitado na oração e na prática do amor fraterno.

Ajuda-me a praticar o amor fraterno em gestos e atitudes muito simples e concretas: dar atenção às pessoas, olhar nos olhos ao falar com elas, sem desviar o olhar para o celular ou o computador; cumprimentar com um sorriso os colegas, funcionários, ou meus familiares mais próximos, que precisam de mais carinho e atenção.

O Senhor declarou: “todas as vezes que fizeste isso a um destes pequeninos, foi a mim que o fizeste” (Mt 25,45).

Oração: Acolhei, ó Deus, esta oferenda: hoje, de coração sincero, farei um gesto de amor fraterno, sinal da minha dedicação. Fazei que esse pequeno gesto santifique a minha vida e obtenha o vosso favor. Por Cristo, nosso Senhor.



REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM

Bom dia. Deus abençoe sua vida, casa, família, amigos...nesse novo dia que Deus nos concede viver. É domingo! Primeiro domingo de um tempo de graça! Domingo sempre é sinônimo de descanso, refazer as forças e energias...e a principal fonte de energia é a espiritualidade, uma vida com Deus. Então não descuide esse alimento! Jesus está esperando você numa comunidade eclesial mais próximo de sua casa. Ele veio ao nosso encontro...não seria bom ir ao encontro dEle? É justo não é? Que seu domingo seja muito especial...depois me conta ok?
Deus abençoe seu dia!!!

João 10,27-28
As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo, osm







FEVEREIRO
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB





1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
181920212223
2425262728

PUBLICIDADE
- Totus Tuus -
Voltar para o conteúdo