30 de agosto de 2018 - Liturgia Católica Apostólica Romana

www.liturgiacatolica.com
www.liturgiacatolica.com
Ir para o conteúdo

30 de agosto de 2018

LITURGIA DIÁRIA > 2018 > AGOSTO

5ª-feira da 21ª Semana do Tempo Comum
30 de Agosto de 2018
Cor: Verde



1ª Leitura - 1Cor 1,1-9

Nele fostes enriquecidos em tudo.

Início da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,1-9
1 Paulo, chamado a ser apóstolo de Jesus Cristo,  por vontade de Deus,  e o irmão Sóstenes,
2 à Igreja de Deus que está em Corinto: aos que foram santificados em Cristo Jesus, chamados a ser santos junto com todos que, em qualquer lugar, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso.
3 Para vós, graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
4 Dou graças a Deus sempre a vosso respeito, por causa da graça que Deus vos concedeu em Cristo Jesus:
5 Nele fostes enriquecidos em tudo, em toda a palavra e em todo o conhecimento,
6 à medida que o testemunho sobre Cristo se confirmou entre vós.
7 Assim, não tendes falta de nenhum dom, vós que aguardais a revelação do Senhor nosso, Jesus Cristo.
8 É ele também que vos dará perseverança em vosso procedimento irrepreensível, até ao fim, até ao dia de nosso Senhor, Jesus Cristo.
9 Deus é fiel; por ele fostes chamados à comunhão com seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso.
Palavra do Senhor.


Salmo - Sl 144,2-3. 4-5. 6-7. (R. Cf. 1b)

R. Bendirei o vosso nome, pelos séculos, Senhor!.

2Todos os dias haverei de bendizer-vos, *
hei de louvar o vosso nome para sempre.
3Grande é o Senhor e muito digno de louvores, *
e ninguém pode medir sua grandeza.R.

4Uma idade conta à outra vossas obras *
e publica os vossos feitos poderosos;
5proclamam todos o esplendor de vossa glória *
e divulgam vossas obras portentosas!R.

6Narram todos vossas obras poderosas, *
e de vossa imensidade todos falam.
7Eles recordam vosso amor tão grandioso *
e exaltam, ó Senhor, vossa justiça.R.


Evangelho - Mt 24,42-51

Ficai preparados!

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 24,42-51

Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos:
42 Ficai atentos! porque não sabeis em que dia virá o Senhor.
43 Compreendei bem isso: se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão, certamente vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada.
44 Por isso, também vós ficai preparados! Porque na hora em que menos pensais, o Filho do Homem virá.
45 Qual é o empregado fiel e prudente, que o senhor colocou como responsável pelos demais empregados, para lhes dar alimento na hora certa?
46 Feliz o empregado, cujo senhor o encontrar agindo assim, quando voltar.
47 Em verdade vos digo, ele lhe confiará a administração de todos os seus bens.
48 Mas, se o empregado mau pensar: 'Meu senhor está demorando',
49 e começar a bater nos companheiros, a comer e a beber com os bêbados;
50 então o senhor desse empregado virá no dia em que ele não espera, e na hora que ele não sabe.
51 Ele o partirá ao meio e lhe imporá a sorte dos hipócritas. Ali haverá choro e ranger de dentes.
Palavra da Salvação.



REFLEXÃO - PADRE JOÃO LUÍS FÁVERO


“Bendirei o vosso nome, pelos séculos, Senhor!”

Mt 24, 42-51

“Fiquem atentos! Porque vocês não sabem em que dia o Senhor virá”. O dono da casa vigia para que o ladrão não entre; o discípulo de Cristo vigia para que Cristo entre em seu coração.

Se não vigiamos, o mal facilmente adentra em nossas vidas, se não vigiamos, o bem dificilmente se enraíza em nosso coração. Esta vigilância é feita de esperança e de desejo.

Nós temos dois bens para administrar, dentre tantos: nossa vida e nossa fé. Quando aprendemos a equilibrar fé e a vida, damos os mais belos testemunhos de cuidado das coisas de Deus.

A vida é esse dom precioso que temos de cuidar com zelo para poder glorificar ao Senhor, mediante uma fé firme e vigilante. Portanto a necessidade de uma vigilância constante. É preciso ter sensibilidade para não desperdiçar a hora de Deus.

Por vezes, as preocupações com a sobrevivência, o excesso de trabalho, o tempo consumidos em festas (atividades desnecessárias), tudo isso pode nos distrair ou desviar nossa atenção dos sinais de Deus. É preciso ficar atento. No final haverá uma prestação de contas no julgamento e nossa vida não pode ser desperdiçada.

Ao final de cada dia é sempre uma boa ocasião para um sincero exame de consciência: como tem sido meu relacionamento com Deus, comigo mesmo, com o próximo e com a natureza?  A partir disso saber realinhar a minha vida com a vontade de Deus e não se perder porque o Senhor está demorando e afundar a nossa vida em maldades.

Rezemos: Senhor faça de mim um servo prudente e fiel, sempre pronto a cumprir a vontade do Pai, apesar das provações.

Deus abençoe você e sua família.

Padre João Luiz Fávero
Paróquia Nossa Senhora das Dores
Cambuí - Campinas - SP



REFLEXÃO - FREI RINALDO STECANELLA, OSM


Bom dia. Deus abençoe sua vida nessa nova jornada de Quinta-feira que está começando. Agradeça a Deus o dom da vida, é mais um dia que Deus nos dá para sermos melhores, fazermos o bem e deixar nossa marca de pessoas que querem fazer a diferença. Que este penúltimo dia desse mês possa lhe trazer todas as bençãos e graças para que seu dia seja ainda mais santo e bonito.

CONSAGRANDO O DIA....
Senhor Deus de Bondade, nesta quinta-feira, venho diante de ti para agradecer todo o bem que realizas na minha vida. Muito obrigado pelo ar que respiro, pelo alimento à minha mesa, pelas pessoas que amo. Muito obrigado pela luz que vem do teu Espírito Santo. Eu te peço, Senhor, que sempre ilumine meus passos e meus caminhos com o brilho da tua sabedoria. Dá-me bom senso, lucidez e discernimento para não me entregar a falsas ilusões. Protege a minha família e a todos os que eu amo de qualquer erro ou engano. Mostra-me sempre a beleza da tua verdade e do teu amor, para que eu possa ser instrumento da Sabedoria que vem de ti. Tudo isso eu te peço por Jesus Cristo, teu filho e nosso irmão, na força e na unidade do Espírito Santo, Amém!

REZANDO COM O SALMO
Salmo 1 - É feliz quem a Deus se confia!

Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados, nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar.

Eis que ele é semelhante a uma árvore, que à beira da torrente está plantada; ela sempre dá seus frutos a seu tempo, e jamais as suas folhas vão murchar. Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém!!!

Com carinho e bençãos

Frei Rinaldo Stecanella, osm

PUBLICIDADE
Voltar para o conteúdo